Home/ Noticias/ CSSP - 2018

CAMPANHA SALARIAL DE SÃO PAULO - 2018

APESAR DA GANÂNCIA DOS PATRÕES, SINDICATO E TRABALHADORES LUTAM E GARANTEM OS DIREITOS DA CATEGORIA
Por Suely Torres
 
fotocampanhasalarialsp2018
(Foto: Paulo Rogro "Neguita")
 
Como do conhecimento de todos, alm de atrasar o processo de negociação da Campanha Salarial da nossa categoria em São Paulo, o sindicato patronal ignorou a pauta de Reivindicações dos Trabalhadores e levou para a Mesa de Negociação a sua prpria Pauta, reivindicando o impossvel e inaceitvel: os trabalhadores deveriam abrir mão de 12 clusulas da Convenção Coletiva de Trabalho, e mais, queriam que aceitssemos como reajuste salarial 60% do INPC. Ou seja, não queriam nem repor a inflação do perodo que foi de 4%. 
 
Ora, o que mais essa gente pretende tirar dos trabalhadores? Apesar de termos uma poltica de valorização constante dos nossos salrios, não d para arcarmos com o alto custo de vida, pois todos os dias os preços dos produtos bsicos para as necessidades humana sobem, o acesso sade e educação de qualidade fica cada vez mais escasso e mais difcil. 
 
Ser que essa drstica realidade vivida pelos trabalhadores e o povo não basta? Ser que os patrões não veem que são os trabalhadores que estão pagando, e muito caro, pela crise econômica que se instalou no pas, sobre a qual não temos qualquer responsabilidade? 
 
O pior que mesmo sabendo da situação de penria em que vivem os seus empregados, os patrões se utilizando da nova Lei Trabalhista, na maior cara de pau, queriam que a categoria aceitasse, por exemplo, deixar de fazer a Homologação no Sindicato e perder o direito ao abono pelo Dia do Trabalhador da Categoria (Dia do Padeiro), como você pode ler no ofcio abaixo, que o sindicato patronal enviou ao nosso Sindicato. 
Essa era a proposta do sindicato patronal, rejeitada pelo nosso Sindicato e pelos trabalhadores que, com muita luta, conseguiram manter todas as clusulas na CCT e um reajuste de 4,10% nos salrios e 4,50% nas outras clusulas econômicas. Portanto, abrir mão das conquistas e direitos que temos est e sempre estar fora de cogitação. O nosso Sindicato continuar conversando com as trabalhadoras e trabalhadores para conscientiz-los, cada vez mais, da vital importância de lutarem pelos seus direitos.
 
RESULTADOSCS2018