Home/ Noticias/ Seminrio de Planejamento

SINDICATO REALIZARÁ SEMINÁRIO PARA ENFRENTAR...

SINDICATO REALIZARÁ SEMINÁRIO PARA ENFRENTAR OS DESAFIOS DOS TRABALHADORES EM 2019!
 
seminarioplanej
(Foto: Paulo Rogrio "Neguita")
 
O nosso Sindicato ir realizar no mês de dezembro o Seminrio de Planejamento para determinar as ações e as formas de lutas dos trabalhadores para 2019. Essa j uma tradição do nosso Sindicato h dcadas, pois, preciso preparar a categoria para enfrentar os desafios que possam surgir durante o prximo ano.
 
“Temos alertado os trabalhadores e trabalhadoras sobre os riscos da perda de direitos e conquistas, particularmente nos ltimos perodos com as ofensivas que o governo e os patrões têm efetivado atravs da Reforma Trabalhista que est em vigor h um ano e as ameaças da Reforma da Previdência que, se aprovada, ir dificultar a aposentadoria dos trabalhadores.” Diz Pedro Pereira, presidente interino do nosso Sindicato.
Alm do debate e deliberações sobre as ações e lutas para o ano de 2019, o Seminrio ir definir e organizar a realização de Cursos de Qualificação das equipes na rea de sindicalização para aumentar o quadro de scio da entidade (atualmente com 23.500 scios), bem como, munir toda equipe com informações sobre as consequências nefastas que a nova Lei Trabalhista causar vida dos trabalhadores e trabalhadoras, pois ela retira vrios direitos e conquistas.
 
Todos os Seminrios de Planejamento que realizamos nas ltimas dcadas foram importantes, pois nos ajudam a definir e planejar as ações da nossa entidade para as lutas que os trabalhadores enfrentarão no ano seguinte. No entanto, o Seminrio que vamos fazer em dezembro desse ano fundamental e essencial para enfrentarmos os desafios que possam surgir o ano que vem. 
 
Para Chiquinho Pereira, presidente licenciado do nosso Sindicato, “alm da Reforma Trabalhista, que traz uma srie de mudanças para o Mundo do Trabalho e das possveis alterações que possam surgir com a Reforma da Previdência, vamos ter no comando do pas um presidente recm-eleito e temos que nos preparar para os novos desafios, muitos dos quais não estão claros ainda. Na verdade, não sabemos o que o governo eleito pretende fazer para acabar com a crise econômica instalada no pas e com o desemprego, por exemplo. Portanto, os trabalhadores têm que estar munidos de informações para travar as lutas necessrias.” Afirma o dirigente