Home/ Destaques/ ABC - 2019/2020

CAMPANHA SALARIAL DO ABC - 2019/2020
 
CATEGORIA DO ABC CONQUISTA REAJUSTE DE 5% E MANUTENÇÃO DOS DIREITOS NA CCT!
 
abc01final2019
 
Essa Campanha Salarial da nossa categoria no ABC não foi nada fcil. Durante os meses de negociações, os patrões, atravs do seu sindicato, ameaçaram não reconhecer a nossa data-base (1 de junho), retirar 13 importantes clusulas da nossa Convenção Coletiva de Trabalho (leia abaixo) e reajustar os salrios com ndice bem abaixo da inflação do perodo. Pautados pela Lei Trabalhista, que retira os direitos dos trabalhadores e defende os interesses das empresas e do grande capital, o sindicato patronal do ABC insistia na tese de que os trabalhadores deveriam abrir mão de inmeros direitos, exigindo, de certa forma, que a categoria arcasse com a responsabilidade da famigerada crise econômica que o pas atravessa, gerada pelos governos e pelo prprio capital. Porm, o nosso Sindicato, mais uma vez, provou que os trabalhadores jamais iriam abrir mão de seus direitos, pois, foram anos e anos de muitas lutas para obter essas conquistas. E, depois de quase quatro meses de negociação, conquistamos 5% de reajustes nos salrios e nas clusulas econômicas, garantimos a manutenção dos 13 pontos que os patrões queriam retirar da nossa CCT e, principalmente, a nossa data-base e a nossa Convenção Coletiva.
 
 
abc02final2019 
 
 
A realidade exige maior participação e mobilização da categoria
 
Infelizmente, essa Campanha Salarial deixou claro que os patrões não estão nem um pouco interessados em respeitar e nem muito menos garantir os justos direitos dos trabalhadores. Assim, como mostrou tambm, que tem alguns trabalhadores que acreditam que todos os direitos e conquistas que a categoria tem hoje foram dados pelos patrões e, portanto, não se envolvem no processo ou ações do nosso Sindicato para garantir seus direitos. “Eu tenho insistido com toda a nossa equipe de assessores e com a diretoria do nosso Sindicato de que preciso alertar, de maneira mais contundente, os trabalhadores e trabalhadoras sobre os riscos que corremos em perder tudo que conquistamos ao longo das dcadas”, disse Chiquinho Pereira. Para Chiquinho, “os patrões, assim como o governo, elegeram os trabalhadores como inimigo nmero um para resolver a crise econômica do pas. Tenho falado que esse governo segue, fielmente, a receita neoliberal, onde a ordem retirar dos trabalhadores e da população mais carente todas as conquistas. preciso mudar a nossa atitude e começar a se envolver nos processos e ações do Sindicato, se quisermos garantir nossos salrios, nossos empregos, ou seja, o sustento de nossas famlias.” Desabafa o lder sindical.
 
conquistasABC20192020