Home/ Noticias/ MANTER A REPRESENTAO SINDICAL PARA GARANTIR OS DIREITOS DA CATEGORIA

MANTER A REPRESENTAÇÃO SINDICAL PARA...

MANTER A REPRESENTAÇÃO SINDICAL PARA GARANTIR OS DIREITOS DA CATEGORIA
Por Suely Torres
 
reprSindical
(Foto: Paulo Rogrio "Neguita")
 
As ofensivas do governo e dos patrões vão muito mais longe. Alm de instituir Leis que acabam com os direitos, o governo e o capital atacam o principal instrumento de defesa dos trabalhadores que são os sindicatos. “Com o Sindicato fraco, sem estrutura para travar as lutas necessrias em defesa dos interesses dos trabalhadores, as empresas ficam a vontade para explorar e retirar, ainda mais, os direitos da nossa categoria, os quais foram conquistados com muita luta nesses 88 anos de existência da nossa entidade sindical.” Diz Chiquinho Pereira, presidente do nosso Sindicato.
 
Com essas ofensivas contra os trabalhadores brasileiros, surge um novo momento para o nosso Sindicato, onde, alm de continuar a luta pelos direitos da categoria, tem a responsabilidade de aprofundar o debate junto aos trabalhadores sobre as consequências nefastas dessa nova Lei.
 
Ainda não temos condições de avaliar o tamanho do estrago que essa Reforma Trabalhista causar, mas sabemos que ela ir precarizar, ainda mais as relações de trabalho no Brasil, o que significa reduzir, diminuir, tornar escasso e quando associado expressão trabalho, quer dizer diminuir direitos e garantias dos trabalhadores. 
 
Por isso, temos realizado assembleias nas empresas mostrando ao trabalhador a necessidade de, numa conjuntura adversa como essa, nos preparar para a batalha, garantindo não s as nossas conquistas, mas, principalmente, garantir o papel do Sindicato, o qual est sendo ferido de morte pela nova Lei Trabalhista.
 
Ou seja, não basta para o governo e o capital fazer uma Lei que retira direitos e institui, de certa forma, o trabalho escravo, apesar de vivermos no sculo XXI. Eles querem a todo custo acabar com os sindicatos, por se tratar do principal instrumento de luta dos trabalhadores. Desta forma, os patrões ficarão bem vontade para explorar, de forma deslavada, os trabalhadores e trabalhadoras pelo pas a fora. 
 
E para o desespero dos empresrios do nosso setor econômico a nossa categoria est respondendo positivamente as nossas ações, participando das assembleias, debatendo a necessidade de assinar a autorização para que o Sindicato continue lhes representando que, por exigência da Lei, se tornou uma necessidade legal.
 
Alis, podemos dizer que a tentativa dos patrões de quebrar a força do nosso Sindicato, foi um tiro que saiu pela culatra, pois o retorno da nossa categoria em fortalecer o Sindicato e ampliar a luta muito positivo. E esse retorno fruto do trabalho que o nosso Sindicato vem realizando, h anos, junto aos trabalhadores que representa.
 
Portanto, companheiros e companheiras, a autorização de cada um de vocês fundamental para continuar a luta em defesa dos nossos direitos e conquistas. Sem a representação sindical os trabalhadores serão “presas fceis” nas mãos dos patrões. Alis, foram eles que, juntamente com o governo e o grande capital, instituram essa famigerada Lei, cujo objetivo ampliar seus lucros, atravs da exploração dos trabalhadores, de forma desenfreada.