Home/ Noticias/ Seminrio da UGT Estadual

SEMINÁRIO DA UGT ESTADUAL DEFENDE DIREITOS E...

SEMINÁRIO DA UGT ESTADUAL DEFENDE DIREITOS E PARTICIPAÇÃO POLÍTICA DOS TRABALHADORES!  
 
ugtestadualseminario
 
O presidente licenciado do Sindicato dos Padeiros e pr-candidato a deputado federal, Chiquinho Pereira, participou de debate nesta segunda (30) em Seminrio sobre relações trabalhistas, promovido pela Regional de São Paulo da União Geral dos Trabalhadores (UGT-SP).
 
O evento teve a presença de mais de 300 sindicalistas de todo o Estado, filiados Central e, em sua abertura, contou com a presença de dirigentes sindicais de grande representatividade, como o presidente da UGT Nacional, Ricardo Patah; o presidente interino da Força Sindical, Miguel Torres; a presidente em exerccio da Fecomercirios, Lia Marques e o presidente da Federação da Sade, Edison Larcio de Oliveira.
 
Chiquinho Pereira expressou seu descontentamento em relação aos polticos que traem os interessem dos trabalhadores em votações, como a que destruiu direitos trabalhistas ao mudar a CLT: "Os dirigentes sindicais devem se envolver sim com poltica. Alguns dos nossos pensam o contrrio. Os congressistas atuais cortaram sem d os direitos dos trabalhadores. E cuidado com a reforma da previdência. H trabalho escravo na capital de São Paulo! Temos que trabalhar muito para o trabalhador ser respeitado."
 
"O Congresso Nacional a ser eleito neste ano tem de ser mais honesto com o povo. Eu desejo e trabalho para isso. Este Congresso e o governo mentem descaradamente para o povo. Diz que a reforma trabalhista a modernização das relações capital e trabalho, mas um retrocesso. Quando entrou em vigência, em novembro de 2017, havia no Brasil 11 milhões de desempregados. Com a nova legislação trabalhista saltou para 14 milhões. Isso modernização? Não! preciso que a nova legislatura reveja a reforma trabalhista”, concluiu Chiquinho Pereira.
 
Texto de Valdir Baptista